domingo, 29 de março de 2009

MEU FÔLEGO - TANGO - ANTONIO BANDEIRAS....

video

Alguns meses meu irmão alugou um filme, só pra variar, pois é algo que fazemos sempre, adoramos filmes. Já aconteceu em tempos de inverno-chuva de ficar infurnados dentro de casa sem colocar a cabeçinha pra fora, todos jogados na sala entre tapete, sofá, almofadas e um colchão velho que usamos só para isso. Claro regado a comelanças e mais comelanças. Então, meu irmão trouxe um filme com Antonio Bandeiras (já faz um tempinho, mas não esqueço a cena do filme), sobre dança de rua e tal, até aí normal, pois ele adora dança de rua. A história é uma graça, se não me engano é história real, tenho que checar pois não tenho certeza, mas é sobre um professor requintado de um gosto afinadíssimo para música e dança. É professor de dança clássica que resolve olhar a sua volta e enxergar e fazer junção de diferenças. Algo raríssimo neste mundo, alguém apreciar e se fazer lançar nas diferenças. Pois bem... ele faz isso... junta tango e dança de rua o famoso "break" "black" "hip hop" som de negro-periferia-americano, ops periferia entre aspas né. Gosto tanto disso, juntar dois mundos, duas faces, tantas diferenças...mil coisas.

Dança comigo uma dança latina
Qualquer uma
vermelha
quente
sensual

Apenas nós numa pista de dança
madeiras velhas
candeeiros quebrados
ambiente vermelho
orquestra decrépita

Deixa-me agarrar-te
guiar-te os passos
rodopiar contigo
dobrar-me sobre ti
suspender o tempo
quase beijar-te

Recomeçar
e repetir
até que os nossos corpos
suados de desejo e de cansaço
rubros do esforço
nos obriguem a parar.

POEMA DO OGNID
Fonte: Poesia Portuguesa

No meio do filme há essa cena que tirou-me o fôlego, deixando-me pasma e boquiaberta, pois sou apaixonada por tango. Reparo em todos os detalhes, a flor (vermelha) no cabelo, os movimentos, mãos, braços, os olhares (ar sério, impiedoso), uma brincadeira deliciosa de "vai e vem" e "vem e vai", impactante, sedutor e deslumbrante. Os dois são perfeitos no momento, cada gesto revela intensidade e uma paixão que só o tango traduz.Sempre tive vontade de aprender.Mas é caro viu! Já fiz durante um tempo dança do ventre mais ou menos 8 meses e samba-rock uns 6 meses, as duas são difíceis e requer tempo e dinheiro algo que não dispunha na época.Então larguei, mas ainda lembro algumas coisinhas, sempre gostei de dançar, herança da minha mãe. Tá certo que agora mais que enferrujada, mas é como andar de bicicleta uma e duas e você lembra.Quem sabe um dia aprendo a dançar tango.....Já pesquisei alguns lugares e ainda achei muito caro. Mas ainda há vida, então simbora devora-la e quem sabe aprender a dançar tango um dia. (ousada essa mullher-moça) só um pouco.

Nenhum comentário: