sábado, 25 de abril de 2009

FUTUROS AMANTES ( CHICO BUARQUE ).....

video

Não se afobe, não
Que nada é pra já
O amor não tem pressa
Ele pode esperar em silêncio

Num fundo de armário
Na posta-restante
Milênios, milênios
No ar

E quem sabe, então
O Rio será
Alguma cidade submersa

Os escafandristas virão
Explorar sua casa
Seu quarto, suas coisas
Sua alma, desvãos


Sábios em vão
Tentarão decifrar
O eco de antigas palavras
Fragmentos de cartas, poemas
Mentiras, retratos
Vestígios de estranha civilização


Não se afobe, não
Que nada é pra já
Amores serão sempre amáveis
Futuros amantes, quiçá

Se amarão sem saber
Com o amor que eu um dia
Deixei pra você

Chico Buarque
Composição: Chico Buarque

Nova, nova e nova já apreciava algumas músicas do Chico. Certa vez em uma roda de amigas (mais velhas eu a mais nova), mais ou menos em 1996, se não estou enganada, trocava de rádio e acabei por ficar em uma que tocava Chico Buarque, então deixei, já que ouvia em casa com minha mãe a tira colo e pra mim era bom, suave aos ouvidos música de verdade. Então surgiram alguns risos e logo dissipei a lembrança destes momentos. Algumas amigas diziam "tá doida vai deixar aí, nada haver essa música, nem é do nosso tempo" e todas começaram a rir, fiquei sem graça, porque era roda de amigas, à toa na garagem na casa da San. Não confessei na hora minha admiração e gosto pelas músicas do Chico. Até hoje me arrependo disso. Gosto jamais deve ser discutido, se esse ou aquele não importa, é gosto e deixei tantas vezes de ir a lugares bacanas por não ter companhia, por não encontrar pessoas do mesmo gosto. Se bem que houve uma pessoa que tinha "quase" o mesmo gosto pra música popular, mas esta não deu tempo, foi rápido demais, ela evaporou na existência. A morte sempre leva sonhos embora. Mas porque não fui sozinha? Mudei, cresci, conheci outras pessoas e ainda assim não admitia minha prefêrencia musical. Sempre tem alguém dando palpite, muito palpite errado. E sinceramnete cansei, hein! Já era parei com isso, nada de vergonha de declarar meu amor por Chico. Não admitir isso é crime. No Eress na Unitau em Taubaté, foi só o que ouvi nas noites culturais. Afogada em Mpb, nas três noites. Muito Chico Buarque em especial essa música, Cazuza , Djavan, Elis e outros.E o melhor de tudo ao vivo, um cantor para cada noite cultural com violão (amo) e uma voz maravilhosa. Deixando a muitos suspirando e completamente contente-descontente. Inclusive euzinha. Alías com Chico Buarque foi uma série de "coincidências" foi sitado em tudo, em praticamente toda mesa de debate, palestras e afins havia Chico Buarque. Até em camisetas frases de Chico Buarque e percebi o recado Deus! Algo bem direto. Sim, Deus fala usando pessoas, ou acha você que ele virá pessoalmente. Ah tolice . Ele tem mais o que fazer, perder tempo (pessoalmente) em responder as minhas mazelas e tristezas não fará. Então usou alguém. Foi o que aconteceu, um palestrante enfatizou o seguinte: " Inútil dormir que a dor não passa Espere sentado Ou você se cansa Está provado, quem espera nunca alcança". (Chico Buarque)

Então compreendi perfeitamente o recado. O que fico esperando, esperando e esperando. Como esperar tanto se espero tão pouco de mim, verdade seja dita. Algumas coisas tem que vir a tona para clarear este inverno. Cadê minha forças? Onde foi a esperança? A vontade? O prazer? Onde está uma Ana que insisti em morrer? Em dizer que essa vida não é de nada mesmo? Será que sou doida? Ou essa vida só tem sentido no amor? Porquê há 10 anos (completos e infernalmente completos) eu fui tão feliz e não tinha praticamente nada. Porquê gastei tanta coragem, amor, força, vida e agora parece que não tenho nada para oferecer? Não entrego metades meu caro. Quem me tem, tem por inteiro, sem migalhas. Vale a pena porque é bom, é gostoso é vida. Amor, amar, fazer amor e tudo por inteiro. Creio que ninguém merece pouco, já que vai se entregar mate todos os demônios da saudade, frustração e do medo. Ainda pela metade? Vamos Ana admita que você precisa de mais,isso é tão pouco perto do que já fez e deu. Ainda gasta pelo vazio, pela ausência e pela vida. Quando tiver terá por inteiro, não haverá pressa e afogar-se no amor será o que mais vamos fazer. Não. Isso não é verdade. Eu tenho (muito) pra dar, amar outra vez, de verdade. Por que medo me invade, se já sofre sem ter? Ou quando sinto que algo está para acontecer? Algo bom que desejo a tanto tempo. Quando estou bem e digo que agora vou parar de sofrer, esse amor todo que nunca, jamais poderá ser cor respondido por falta de existência, toda a vontade de ser feliz e fazer alguém feliz vou entregar a alguém. Já está na hora. Ate quando tudo isso? O inverno chega e chega forte para dizer, estou de volta e você fraca como é, vai perceber que sempre volta a ser o que era. Triste e Sozinha. Sofri muito nesta semana, o Eress foi óptimo em tudo, algo que com certeza vou com partilhar porque valeu a pena, embora com dificuldades, doente, cansada e muito triste consegui absorver o máximo. Chorei demais quando voltei, claro, escondida de tudo e todos, porque minha mãe comentou certa vez (há alguns anos) não suportava a tristeza, a depressão e o choro e estava prestes a me colocar em uma clínica para ver se melhorava. A tristeza dela começou a me incomodar , então decidi camuflar um pouco as coisas. Péssima ideia, já que tenho que me desdobrar para não perceber nada. E pensar que já foram gastos muitos anos nesse sofrimento acaba comigo. Meu maior medo é me tornar uma pessoa amarga, solitária e covarde. Essa música é dedicada ao meu desejo de ter alguém. De entregar tudo que está guardado a tanto tempo para o nada. É ser feliz mas também fazer alguém feliz. É deixa-lo usar o amor que deixei pra você que foi embora que a morte levou e me deixou neste estado. Preciso mergulhar mais fundo até encontrar a Ana que se perdeu, que ficou "presa" nos escombros e não quer viver. Afogar-me nesta cidade e submergir até reencontrar o futuro amante. Por que já perdi muito. tempo e vida. Tomara não ter desistido de ser mais feliz. Verdades ainda tem mais a ser ditas. Já chega, de meia de metade do ser. Não quero ímpar, quero ser par. Deus já pedi tantas vezes, ajuda-me. Não quero mais o inverno a tristeza e solidão na alma. Não quero ser covarde e deixar a vida passar. Quero marca passagem. Nem orar eu oro mais. Certa vez disse que veio para os fracos, estou admitindo a minha fraqueza. Tudo porque não quero ímpar quero par.

[ e gosto tanto das palavras do Chico neste vídeo que voltei milhares de vezes, desde a risada ao dizer este amor não correspondido algo intimo que é dele percebe, é meu recado vindo de Deus, olhei cada detalhe, cada casal, as ondas, o mar, o rio, a paisagem, cartas....]

2 comentários:

Sandra disse...

Ámiga amei......agora é tempo de renovar esquecer o passado..viver o presente...como vc mesma disse chega de chorar...é hora de sorrir...de coisas novas...pois as velhas ja se foram e infelismente...não voltam mais...amo vc muito...muito mais do que imaginas......bjus
SAN

Sandra disse...

E você terá alguém sim e será como sempre quis e esse amor essas vontades serão todas colocadas em praticas...mais tenha paciência tudo é no tempo de Deus...eu mesma as vezes me da umas loucuras...quero casar....quero casar porque nada da certo..e fico horas murmurando...quero que aconteça logo não suporto mais esperar...quero ser mãe...fico pensando meu estou ficando velha e ainda não tenho minha familia ...meus filhos...mais as coisas não são como eu quero...tudo tem seu tempo...e aos poucos vão se realizando ...mais temos pressas...não suportamos mais esperar e as vezes apressamos os plamos de Deus e acabamos quebrando a cara....mais mesmo assim não aprendemos...é a vida ...mais tenho certeza que tudo que desejas e eu também esta proximo ...é só termos paciência de esperar a hora certa....felicidades sempre e nunca deixe que nada tire esse seu sorriso lindo...te amo muito
SAN