domingo, 31 de maio de 2009

A MAGRELA E O CACHORRO

Há dias que minha mãe está cheia de graça. Nestes dias o humor está acirrado e sempre solta uma graça. E adivinha???? Adivinha pra quem???? Dou um doce e um beijo pra quem adivinhar rs!!!.Hoje conversa depois do almoço, momento mãe e filha que não se vê, embora viva na mesma casa. Chego tarde e saio muito cedo, então apenas oi, oi e como está e nada mais por que não dá tempo de conversar.e hj foi dia de soltar gracinhas.


-nossa Ana!!!

-que mãe?

-filha você está comendo direitinho?

-quando dá tempo sim, mas confesso que simplesmente esqueço de comer. tanto pra fazer que esqueço de mim.

-é mais não pode!! comer faz parte da vida (risinho malicioso rs).

silêncio....e saio com uma gargalhada alta e escandalosa.

-mas porque pergunta? (inocente a garota)

-por que está muito magrela.

-ah sempre fui magrela!!

-eu sei.mas agora está demais.olha só os cambitinhos, bracinhos finos, a barriguinha tá linda, mas cadê a bunda, as pernas????? trate de voltar a "comer".

-até me acostumar com ritmo da faculdade, trabalho, cursos, etc.vou ficar assim, magrela.

-faz o favor de comer e engordar um pouco.colocar vida no corpo.

- ...ah tá bom.rs

-tô falando sério Ana.comer faz bem pro corpo.é saúde.

eu pensativa sem entender a cara dela e risinho discarado...

-sabia que homem não gosta de mulher muito magrela.

- não??? homem não sabe do que gosta mãe! hora pq é gorda demais, hora pq é magra demais.rã são tudo igual.no final o que importa é nada.

-pode ser, mas de uma coisa tenha a certeza.

-o quê?

-QUEM GOSTA DE OSSO É CACHORRO!!!!!!!!! então trate de engordar um pouquinho.

eu disparei a rir, gargalhar alto e escandalosamente e rir sem aguentar.....soltei uma já entendendo o que estava querendo dizer.

-Ahhhh....quem sabe encontro um por aí, pra dar uma ajudinha e voltar a COMER.


eu mereço, juro que mereço. recolho-me na minha insignificância.e no discaramento coloco o filhotinho pra deixar a coisa mais inocente.

5 comentários:

Lubi disse...

amo os dias de graça da minha mãe.
amo.

Juliana Cruz disse...

hahahahah

eu ouço muito isso tbm. todo mundo quando me ve cisma que estou mais magra do que estava na ultima vez que me viram, mas se isso fosse verdade já teria morrido, sério.

pior que eu como feito uma jibóia.

Marcela Paiva disse...

eu nunca me esqueci de comer. nem por trabalho, nem por estudo, nem por paixão.

por isso nunca fui magrela.
droga.

Ana disse...

kkkkkkkkk...meninas não liguem não...pq no final nada disso importa...

se alguém tiver q olhar ou gostar da gente ..terá de aceitar do jeito que somos....assim desse jeitinhooo

Lubi....tb amo as graças da minha mãe.
Ju....isso e intriga e conversinha do povo srsrsrrsrsr...

Marcela do céu!!!!
...gosto demasiadamente muito do teu blog e escreve super bem cara...uma pena q as vezes tens uma preguiça do cão né!!!!!
pois demoras séculos pra postar algo rsrsrs...
demore não mulher gente boa tem q escrever aos milhares.e atente para a dica da minha mãe... homem não gosta de mulher magrela...deve ser por isso que ando solteira...com as canelas finas, bracinhos magrinho e desbundada rs... e sem vontade de comer...(risinho discarado só pra descontrair.rs)

beijão meninas...

Sandrinha disse...

kkkkkkkkkkkkkkk gosteiiiiii dessa sua mãe continua do mesmo jeitinho...que saudade....e trate de comer viuuuuuuuuu kkkkkkkk
quem gosta de ossso é cachorro.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk só a necy mesmo.......(morri de tanto ri)
amo vcs.