domingo, 10 de maio de 2009

SONHEI COM VOCÊ.

Sonhei com você hoje. Acordei tarde revirando a cama de um lado para o outro. A vontade era não acordar, tentei dormir, fechava os olhos e pensava. Não.Não.Não. Volte a dormir por favor, quero sonhar de novo, você demora tanto a aparecer, demora anos e anos. Deus faça-me dormir novamente. Porque coisas boas não duram. E fiquei ali me remexando na cama e lembrando de cada pedacinho do sonho. É um homem que apareci de tempos em tempos nos sonhos. Vai parecer loucura ou muito absurdo, mas é a verdade. Sonho com ele há muitos anos e só aconteci de vez em quando. Certa vez me perguntaram porque gosto de homens mais velhos. Creio que ele é a resposta. A primeira vez foi com 12 anos, inocente de tudo. Nem beijar havia beijado, não tinha namoradinho, não pensava nisso até sonhar com ele. Era um homem cerca de 20 anos mais velho, eu estava sentada no que parecia uma ponte, mas não era exatamente isso, pois meus pés brincavam com àgua e ficava olhando o rio. Ele senta ao meu lado coloca a mão sobre a minha e fica olhando o rio. Aconteci coisas estranhas, mudança de lugar num piscar de olhos e lembro dele me beijando, mexendo no meu cabelo e me abrançando como se quisesse me proteger. Quando acordei era como se tivesse realmente acontecido, me senti muito estranha. Desde àquele sonho meu olhar é certeiro para homens mais velhos. Desde o primeiro beijo e namoros sempre foi com homens mais velhos. Só namorei um que era mais novo que eu. Foi bacana. Mas senti uma enorme diferença, confesso não me empolguei muito, mas me divertia porque me fazia rir e diversão era a palavra para tudo e toda hora na época.

Demorou um tempo até sonhar com ele novamente mas aconteceu. Já tinha 17 anos e o reconhecia no sonho e quando acordava dizendo eu conheço você. Outra vez no tempo da depressão e o reconheci dos outros sonhos. Hoje não foi diferente, são encontros tão intensos, calorosos e apaixonantes. Lembro do beijo lento e carinhoso, lembro da mão forte entre meus cabelos, apertando-os hora com força, hora não. Lembro das mãos nas minha costas deslisando lentamente e lembro perfeitamente do braço, corpo, respiração e boca. Mas não me lembro do rosto. Tento, tento e tento lembrar do rosto, pra saber se é alguém que conheço, conheci que passou desapercebido por mim. Lembro do beijo arrebatador e devorador, lembro de cada pedaçinho. Lembro de sorrir muito pra ele, de andar de mãos dadas em um lugar com muitas árvores, sol e um rio. Que pena ter acordado queria mais daquele beijo, daquela mão no meu corpo, daquela respiração, daquela sensação. Quem é você? Pelo amor de Deus? Me diga inconsciente quem é este homem? Que outrora envade meus sonhos, e me faz lembrar dele como se há tanto tempo o conhecesse. Algo estranho nisso, porque ele é como um divisor de àguas na minha vida. Em tempos bons e muito bons e tempos difíceis muito difíceis.Porque nunca lembro-me do seu rosto? Pareço tão pequena perto dele é alto, tem um jeito único de ser. Me abraça tanto que chego a ficar sem respiração. Quem é você? É fruto da minha imaginação? Do meu inconsciente? Como pode parecer tão real? Tão vivo? Me diga quem é você estranho? E assim aconteci tanta coisa estranha comigo. Coisas unicas que me faz pensar e saber que não tenho lugar neste mundo. Em nada me acho completa. É como se não fosse daqui. Sonho repetidamente com uma pessoa e lugares e os reconheço no sonho, mas não lembro-me do rosto dele, apenas dos lugares e do detalhes quando acordo. Será o que dizem, meu espírito vai passear mundo irreal a fora. Sei que Deus existe, creio nele como Pai, Filho e Espírito Santo. por que já cri em tanta coisa e já fui de tantas doutrinas que a única a me consolar de certo modo e acalmar minha inquietação de espírito é esta como também tantas coisas que leio, poesia, poemas, livros, a dona Clarice e por aí vai. Meu pai tinha razão quando pequena sempre dizia que era esquisita e estranha. Continuo até hoje. Com vontade de desvendar o que não se pode. E querer saber porque ele aparece e não lembro do rosto. Por favor apareça hoje à noite e me diga quem é você. E mais me faça lembrar o seu rosto. Foi bom sonhar com você.

5 comentários:

Gata Lili disse...

que sonho misterioso! Será que ele existe mesmo na vida real?!

Ana disse...

gAtA.......

Essa é uma ótima-excelente-maravilhosa pergunta... Não sabe o quanto quebrei a cabeça tentando me responder isto.Vários pensamentos mas tudo em vão.Mas creio que nada, nada mais nada mesmo é conscidência...isso não existe. Não pra mim...(ainda) Mesmo porque de uma forma ou de outra todos tentam, lutam, lançam teses, suposições, superstições, pensamentos,doutrinas, filosofias para explicar como, porquê, pra quê existimos...e simplesmente
Não há resposta concreta, definida e definitiva para responder isto....Então...fica difícil explicar algo tão louco, real e irreal como os sonhos...motivos...aspirações e sentidos...

Mas eu desejo e desejo (muito) que ele exista que seja real de carne e osso, que tenha o beijo, o abraço, tenha aquele carinho e cuidado,demonstrando um amor fora do comum. Porque por mais q tenha sofrido, chorado, lastimado, amaldiçoado o dia em que nasci, tenha tido depressão, tenha me isolado de todos num silêncio profundo e doloroso...por mais e mais que tudo aconteceu.Descobri algo!!

Essa vida não vale a pena se não amar ...é vazia demais.é fútil demais.é paupérrima demais...se não amar....

Ás vezes acho que encontrei...embora algo rápido , distante e platônico (como diz o Bruno)...embora tenha passado tempo e tempo...e penso...será mesmo? Será que é isso mesmo? Mas quando há rara e rara oportunidade de tirar a prova...tenho como resposta ...um não em forma de silêncio....aí lembro do q me falaram algum tempinhooo...você fantasia demais Ana. Ninguém é como você...

Mas como não aceito imposições (e sim exposições) de pensamentos de eu acho...embora seja pessoas q goste de mim de verdade...sou teimosa...e só aceito quanto EU me convencer de uma vez por todas q não vale a pena...aí sim esqueço e sigo...sobrevivendo, vivendo...como sempre fiz...

enquanto isso resta a dúvida.
mas um dia eu tiro a prova e vou saber se há conscidências certas...se fantasio muito as coisas...ou se eu acredito, creio e dou valor demais as pessoas.

Beijos...(aiai...esse livro..rs)

Anônimo disse...

espero que um dia você encontre o rapaz de seus sonhos! miaaauuu...

Gata Lili disse...

você, um dia vai encontrá-lo na vida real. espero que sim! miaaauuu...

Bruno L.S disse...

Não sei não mas acho que é falta de sexo. Este sonho foi um sinal de que precisa como diz você fazer amor. Aí vai saber que passa, toda inquietação.

brincadeiras a parte.

Ana,

Concerteza tem alguém especial, não acredito que a solidão é boa, bom ou necessária para alguém. Então acredite porque não nos sonhos.Talvez fosse ma sinal de que está próximo de você ou perto de chegar até você.e não dê atenção ao que disse naquele dia, só não quero que sofra mais,não aceito qualquer tipo de ilusão ou passado que a faça chorar ou sofrer (mais do que ocorreu)mas independente dê ouvidos e atençãoa sua boa intuição e siga em frente.

Ando na correria e não tem dado tempo de ligar mas ando sempre por aqui tá.

beijos, e o que escreveu foi lindo e olha que não sou de chorar lendo nada.