segunda-feira, 18 de maio de 2009

TUDO DEPENDE DO OLHAR....

Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais...

(Clarice Lispector)
.


Lendo pareci algo tão, tão e tão triste. Um ar de despedida de adeus é tarde demais. Não tem jeito mesmo, nunca, nunca e nunca encontraremos uma forma de amar. Tudo o que eu tinha se foi, se perdeu, se esvaziou...se foi... Mas como um passe de mágica a Dona Clarice inverte o que parece ruim e revela o que há de mais lindo neste mundo,uma declaração, demonstração, mensagem de amor.


É tarde demais...
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
Eu te amo!
E jamais usarei a frase
Já te esqueci!
Sinto cada vez mais que
Alimento um grande amor
Não poderia dizer mais que
Você não significa nada
Sinto dentro de mim que
Nada foi em vão
Tenho certeza que
Ainda te quero como sempre quis
Estarei mentindo dizendo que
Não te amo mais

(Clarice lispector)
.


Fiquei a pensar. Pra quem ela estava escrevendo? Porque não é possível escrever deste jeito ao nada, a ninguém. Tem tanto sentimento, tanta verdade, tanta vida no que escreve que chego a pensar que essa mulher era puro sentimento, mas revelado de uma forma diferente. Talvez (e só) na escrita. Cansei de ver algumas fotos e por ve-las dá pra sentir que não era de "falar" de sentimentos, ar duro,de enigma, de mistério. Não sei. Tenho que pensar mais a respeito, talvez ler mais, procurar saber mais. Talvez esteja dizendo bobagens e fica apenas minha impressão "errada".E estou namorando um livro lindo da capa preta que é praticamente a vida em fotografia desta incrível e admirada (por mim) Dona Clarice L. Sutilmente ela me faz crer que tudo é questão de "olhar" nem tudo àquilo que queremos dizer temos a sta coragem em falar ou escrever.E aquilo que aparentemente parece ruim pode ser um sinal,um som da voz. É certo não(sentimentos, desejos) temos coragem de dizer, dúvido de o dó, tem que ser muito extrovertido, desencanado, do tipo dou a cara à bater . Por que na verdade um espera sempre pelo outro, alguma reação, um gesto, um sinal. Afinal eu dar o primeiro passo? Mas porque tem que ser eu a dar o primeiro sinal? Aí começa a vaidade, de achar que sempre tem que vir de lá o sinal, a iniciativa, o ponta pé, o começo. Se ele demostrar eu demostro, se fize eu faço. E fica essa brincadeira. Mas não são palavras os olhares? Eles não dizem tudo? Sim quase tudo. Mas a questão é, para alguns faltou oportunidade, faltou estarem mais distraídos.Mas nunca estamos mais distraídos. Ninguém espera ansioso dia-a-dia algo o surpreender. E o eu egoísta sempre fala mais alto. Rá meu caro eu dizer alguma coisa? é ruim hein!! As centenas e milhares de pessoas existentes neste mundo são na maioria covardes e medrosas. O eu fala mais alto e estar por cima é sempre melhor.Talvez.medo. receio. Admito (nestes tempos)me encaixo aí perfeitamente (ainda hj, outrora não foi assim) sou do tipo que espera por um sinal, mas acho que está na hora de mudar por que nesse jogo se perde demais. Tudo o que não temos de sobra. Tempo. É muito precioso pra jogar fora. Então aceito de certo modo a "mensagem subliminar" que usamos todos nós ou eu propriamente dita quando o medo, receio,a distância me cala, abafa o som da voz...até mesmo na escrita. E como amo,amo,amo essa imagem, a mais linda que encontrei, tenho a ousadia de coloca-la (de novo), porque aqui posso repetir momentos,momentos e momentos de prazer, alegria e felicidade. Ainda que tão distante.Aqui não há problema.Claro! Isto os blogs proporciona com prazer.trazer o que foi, será, vai ser (...) bom a existência. Dando um alerta de que tudo depende do olhar.

Nenhum comentário: