sábado, 16 de outubro de 2010

Atenção, é VIDA!

O coração batendo rápido. Bem rápido, quase não consigo controlar. E uma ansiedade me invade por completo. Meu Deus! Não vou falar o que aconteceu na volta da faculdade, me isento.E menos mal, que não vi, o preciso momento, chato pra Lica que viu tudo. E sabe o que é mais engraçado? Aliás, o que não é engraçado, é ridículo, é cretino, é absurdo, estavámos falando de sonhos, de lugares que gostaríamos de conhecer, de vida. Quando de repente, aconteceu. Em pensar que essa pessoa tinha tantos planos e tanta vida... E como nós voltava de mais um dia que provavelmente foi cansativo demais, estressante demais, para quem tenta sobreVIVER. E preciso urgentemente parar de reclamar, de murmurar, de xingar, de choramingar minhas dificuldades, meus problemas. Não, não falo para ninguém, é raro alguém me ouvir contando problemas/segredos. Guardo minhas bobagens, quando reclamo, reclamo na maioria das vezes para mim mesma. Principalmente depois do ocorrido, desse choque lá na Barra Funda; dos gritos das pessoas, do choro da Lica quase incontrolável, e da minha inércia; pq não consegui pensar direito...pq ver alguém perder a Vida é triste demais... Uma pausa. Stop para toda reclamação. Já chega! VIDA, desejo bastante VIDA.

Nenhum comentário: