domingo, 16 de janeiro de 2011

Meu DISCO QUEBRADO



"O meu samba é de vida e não de morte. Meu samba vem pra cá e traz a sorte
E celebra tudo o que é bonito. Meu samba não despreza o esquisito
Meu Samba vai tocar no infinito. Meu Samba é de bossa e não de grito."

.
(Maria Rita - Composição: Rodrigo Bittencourt)



Cinco trilhões, as tantas de vezes que ouvi. E sinceramente ainda não sei como não arriou, quebrou, parou de funcionar. Não consigo parar de ouvir esse disco, Samba Meu, e faz tanto tempo que tenho, volte e meia ouço, mas não com tanta frequencia, todos os dias, a semana toda, toda noite.Tem cara e jeito pra "vadiar", papo, roda, gente. Deve ser vontade disso. Enquanto meu disco não quebra, eu quebro aqui mesmo, daquele jeitoooooooooooo. Ui. É que a gente tem o sol na mão.Bora no Samba meu, e se animar, assim oh! Tá só começando. A hora é essa!

Nenhum comentário: